As crianças que apresentam dificuldades na escola, na compreensão de novas habilidades, estão correndo o risco de terem problemas nas diferentes áreas escolares e na vida em geral, no seu desenvolvimento cognitivo, social e afetivo, como um todo.

Tais dificuldades, são de grande importância, pois os problemas entre o potencial da criança e a sua execução, devem ser avaliados com cuidado por um profissional especializado em dificuldades de aprendizagem.

As primeiras experiências na escola, são da maior importância, já que o fracasso escolar vai ocasionar o desenvolvimento de um crescente sentimento de frustração e baixa auto-estima. A maioria dos transtornos de aprendizagem se estabelece antes dos 7 anos de idade.

Muitos sintomas podem mostrar esse estado na criança pequena, que ainda não consegue expressar com palavras seus sentimentos. Estes sintomas podem se dar como por exemplo, através da ansiedade, do sono perturbado, e de condutas regressivas. Muitas começam a roer unhas, chorar por qualquer motivo, não querer comer ou comer demais. Algumas chegam a se queixar até de dores imaginárias. Estão sempre frustradas e insatisfeitas.

Podemos destacar neste caso, aquelas crianças que passaram por alguma situação difícil na idade entre 0 e 5 anos, como as crianças que são abandonadas, e a partir daí, podem surgir problemas psicossomáticos e de agressividade em diferentes níveis. Sua auto-estima fica comprometida e faz aparecer comportamentos que demonstram insegurança, rebeldia e outros sintomas que são preocupantes e podem ser percebidos até mesmo em sua forma de caminhar, já que nessa idade sua personalidade e identidade estão em formação.

Estas crianças, mais tarde, acabam não demonstrando interesse pelo estudo, já que não conseguem acompanhar seus colegas com a mesma idade. Como as crianças precisam do amor de seus pais, familiares, professores e colegas, é de se esperar que na família e na escola, se desenvolva todo e qualquer tipo de dificuldade.

A auto-estima é um valor que uma pessoa tem de si mesma a partir da competência que demonstra para executar diferentes tarefas e também, da valorização que lhe é dada pelas pessoas. A auto-estima atingida, acaba gerando o fracasso. Por isto, aconselho pais e professores a estarem atentos a seus filhos e alunos, independente da idade.

Procurar um psicopedagogo, pode prevenir problemas importantes de aprendizagem na vida de muitas crianças e adolescentes.

Danielle Manera Ramalho